Das Paranóias de Ser Mulher

por Marina Sertã

Hoje sentou um cara meio estranho na minha frente na biblioteca. Eu tinha a impressão que ele olhava pra mim volta e meia. Bobagem. Continuei trabalhando na minha monografia. Continuar lendo

Anúncios