Alexis Tsipras contra o Ciclope Neoliberal

     por Franco Alencastro

     Lar das grandes tragédias do teatro, a Grécia tem vivido nos últimos anos uma tragédia bem diferente: Seu PIB desmoronou, passando de 341 bilhões de dólares em 2008 a 240 bilhões em 2014[1], e o país está no centro da turbulência que se convencionou em chamar, no dia a dia, de “crise econômica”, sendo talvez o país que mais emblematicamente naufragou nesse período, adquirindo um passivo que se revela a cada dia mais impagável[2], e vivendo com isso uma verdadeira crise social, em alguns aspectos pior até do que a Grande Depressão[3]. Continuar lendo

Após Charlie Hebdo: e agora?

por Sergio Azeredo da Silveira Jordão.

           Eu estava na França quando o atentado aconteceu. Não em Paris, mas mesmo assim pude sentir e ver um pouco da reação do povo francês. A minha amiga Thaís já falou bastante sobre o que aconteceu no seu post do dia 08 de janeiro[1], por isso, gostaria aqui de mostrar só um pouco do que eu presenciei e do que eu acho que pode acontecer.

           O nordeste e o norte de Paris são as áreas mais pobres da cidade. É também lá onde mora grande parte dos imigrantes árabes, indianos e africanos. Continuar lendo