Furor indica: “Os Filhos da Meia Noite”

por Kayo Moura.

OS-FILHOS-DA-MEIA-NOITE-

Da diretora indiana, Deepa Mehta, também diretora de “Às Margens do Rio Sagrado” (2005) e com roteiro produzido em parceria com Salman Rushdie que além de narrador da trama – e famoso pelo polêmico “Versos Satânicos”, responsável pela promulgação de sua sentença de morte, nunca efetuada, pelo Aiatolá Khomeini [1] – é também autor da premiada obra literária que baseia a adaptação cinematográfica. “Os Filhos da Meia Noite” (Midnight’s Children, 2012) conta a história de Saleem Sinai, um jovem indiano, que ao nascer no mesmo instante da emergência de uma Índia independente, tem seu destino selado com a história de seu país.     Continuar lendo

Anúncios

Como seria o mundo sem livros?

por Amanda Melo

A impressão da Bíblia por Gutenberg (~1455), iniciou um longo processo de massificação dos livros, aumentando sua disponibilidade, reduzindo custos, estimulando a tradução para outras línguas. Graças a isso, a maioria de nós já leu pelo menos um livro durante a vida, seja ele um livro didático, histórico, de ficção, de imagens. Alguns deles viram símbolos religiosos, como a própria Bíblia, o Alcorão e a Torá; outros, símbolos culturais, como Senhor dos Anéis, Harry Potter e As Crônicas de Gelo e Fogo; outros viram símbolos de um movimento, como O Segundo Sexo de Simone de Bouvoir. Mas todos eles são mais do que tinta no papel, são um meio de comunicação entre o autor e o leitor.
Agora imagine todos os mais de 130 milhões de livros já escritos, quanta informação ali contida e produzida a partir deles. O que aconteceria se tudo isso desaparecesse?

Continuar lendo

O Choque (The Clash)

por Carol Grinsztajn

 

images

     Em 1982 a banda The Clash lançou o que viria a se tornar um dos seus singles mais famosos: Rock the Casbah. A letra da música conta a história de um levante popular espontâneo contra a proibição de escutar rock imposta por um Shareef (uma autoridade muçulmana) à sua comunidade local e como as tentativas de repressão do Shareef foram frustradas diante do efeito que as músicas de rock tinham na população. Continuar lendo